Vamos pensar na Primavera?

********REFLEXÃO*********
DIA 22 – PRIMAVERA

BOMMMM DIAAAA AMANHECEUUUU!!

E claro de que só podemos estar pensando na mudança de estação (leia-se governo) e, eu pensando atrevo-me a acordar com causos na dormente e paliativa evolução mental.

Já é tempo de fazermos a coligação de nossa ansiedade e realmente aquilo de que necessitamos para vibrar novos ganhos, nesta sociedade nada libertária que vivemos na busca de nossa livre decência pessoal e docência profissional.

Ano político com efeitos sanfona nas possibilidades, e com causas delimitadas pelo poder do acervo próprio.

Para o meu entendimento após sentir que as conversas de apadrinhamento entre os eleitores e seus candidatos, e até mesmo entre as propostas das duas partes somente se coagulam quando o verbo da prosa mobiliza a questão de três maneiras de locução. Com a finalidade do acabamento depositado na urna em silêncio absoluto, haja vista de que os votos secretos, apesar dos barulhos em cenas virtuais dantescas e cenas vitais seletivas e grotescas, têm uma aceleração da prosa democrática num embalo dissecado pela erupção venal e pela eclosão maniqueísta onde a privacidade eleitoral é subjugada, abusiva e seletiva apenas para uma das partes. Neste filtrar da proposta do calendário entrego-me ao desafio literário entre a filosofia e o assentamento de nós todos como eleitores, e filtradores de opções.

Três processos acontecem aos nossos olhos:

1° VENTRILOQUIA – Emissão da fala com o pensamento d’outro (lavagem cerebral) para mim o mais perigoso ato, quando somos incapacitados pela prova oral em estado de cabresto animal.

2° MARIONETE – Movimento coordenativo por meio do pensamento d’outro (coordenador de voo) e, pode mentalmente exercer autonomia sobre nossas ideias e ideais.

3° FANTOCHES – Manipulação de nossas sensações, de
sentimentos e emoções (influenciador) muito utilizado pela mídia virtual, que garante a sobrevivência financeira em alto grau de despotismo. Os ditadores de nossos movimentos cabíveis dentro do manuseado silêncio e interpretado pelo barulho d’outro interlocutor.

AVANTE QUE AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO!!
Joana d’Arc Neves de Paula (autora)

A imagem pode conter: área interna
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.